COVID-19: vacinação para pessoas que vivem com HIV e AIDS

1054 0
Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Print this page
Print

No último Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a COVID-19, foram incluídas pessoas vivendo com HIV e Aids (PVHA) com CD4 menor ou igual a 350 como população prioritária, entendendo que nesta população o risco de agravamento para a COVID-19 é 3 vezes maior.

No dia 26 de janeiro, o DCCI/MS (Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis/ Ministério da Saúde) divulgou uma Nota Informativa para detalhar como proceder para ter acesso e realizar as doses da vacina. Desta forma viemos simplificar para informar com facilidade o que é necessário.

– Qual fase as PVHA estão inclusas?

As pessoas que vivem com HIV ou AIDS estão inclusas no grupo prioritário para vacinação: INDIVÍDUOS COM COMORBIDADES E IMUNOSSUPRESSÃO.

 

– Quem das PVHA terá acesso à vacinação?

As PVHA maiores de 18 anos com CD4 igual ou menor que 350 células.

 

– “Mas eu não tenho feito exame de cd4!”, se este é seu caso, entenda:

Será considerado seu último resultado de CD4, independente de quando você o realizou.

 

– Como comprovar ser do grupo prioritário pra ser vacinado/a?

Existem 3 situações:

 

I – Pessoas HIV+ com dados atualizados no SISCEL ou SICLOM terão seu pré-cadastro realizado no CONECT-SUS de forma automática. Neste caso basta ir até o local de vacinação com documento original com foto.

 

II – Pessoas HIV+ com dados desatualizados não terão seu pré-cadastro automático, assim as Unidades Dispensadoras de Medicamento receberão, via SICLOM, as listas das pessoas com CD4 igual ou abaixo de 350. Neste caso, você receberá uma declaração nominal, via modelo no SICLOM, pela unidade que você faz retirada de medicamentos, a declaração estará informando a inclusão da pessoa no grupo prioritário, e esta deve ser levada junto com documento original com foto no local de vacinação.

 

III – Pessoas HIV+ dentro do critério de grupo prioritário que não estão na lista recebida pela UDM e nem estão com pré-cadastro no CONECT-SUS deverão ser encaminhadas pelo profissional de saúde com declaração desse profissional, que deve conter especificações sobre estar dentro dos critérios. Declaração deve estar assinada e carimbada.

 

– “Não estou fazendo uso correto dos remédios e não estou INDETECTÁVEL, posso tomar?”

Não houve qualquer restrição quando a tomar a vacina para pessoas que não estão com carga viral indetectável, mas se você está em quadro de adoecimento ou com alguma doença oportunista é recomendável que você converse com o profissional que faz seu acompanhamento.

 

– “Meu último CD4 estava acima de 350, mas faz muito tempo que não faço e não sei o que fazer!”

Se tem mais de dois anos do seu último CD4, o/a profissional de saúde poderá solicitar junto aos outros exames para conferência de acompanhamento. Vai depender de quanto estava a sua última taxa. Se acima de 500/600 e sua carga viral não teve aumento (ou seja, você se manteve indetectável) se entende que seu CD4 não sofreu alteração, converse com seu/sua médico/a e avalie junto ao/a mesmo a solicitação.

 

– Existe previsão de PVHA com CD4 acima de 350?

Até o momento não há um plano nacional para toda população uma vez que a compra das doses realizadas pelo governo é abaixo do número geral de indivíduos, logo o plano até o momento cobre uma parte da população com maior vulnerabilidade para agravamento pela COVID-19. Desta forma é essencial que mantenhamos o distanciamento social, o uso correto de máscara e a higienização das mãos, alimentos e objetos.

 

—ATENÇÃO—

PVHA dentro do critério de grupo prioritário que apresentem sintomas respiratórios, recomenda-se que adie a vacinação e sejam avaliadas pela equipe de saúde. Dependendo do diagnóstico do quadro respiratório, deve-se esperar a recuperação total e pelo menos quatro semanas após os inícios dos sintomas.

Acesse a Nota Informativa aqui

 

Fonte: GT Comunicação, Saúde e Educação

Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Print this page
Print

Nenhum comentário on "COVID-19: vacinação para pessoas que vivem com HIV e AIDS"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.