Kit covid trouxe sensação de falsa segurança, afirma professor da USP

131 0
Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Print this page
Print

Com lançamento para 15 de setembro, “Cloroquination” conta como o país da cloroquina fez medicamentos como a ivermectina bater recordes de 82 milhões de embalagens vendidas

Por 

Durante a pandemia do coronavírus, a aposta em medicamentos para o tratamento precoce e prevenção da covid-19, receitados em conjunto, deu origem ao famoso kit covid e contribuiu para “uma sensação de falsa segurança”, conta o farmacêutico Flavio Emery, professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP.

Flavio Emery – Foto: Reprodução/Twitter

Mesmo após confirmação científica da ineficácia dos principais fármacos do kit covid (cloroquina, hidroxicloroquina e ivermectina), muitos os utilizam “para não adotarem as medidas adequadas de proteção de si próprias e da comunidade, como uso de máscaras, o isolamento social quando necessário, ou, inclusive, a vacinação contra a covid-19”, o que, segundo o professor Emery, explica como a falsa segurança proporcionou o aumento das mortes.

Charlatanismo 

As considerações do professor Emery sobre os fatos vividos pelos brasileiros na pandemia estão em seu livro Cloroquination: Como o Brasil se tornou o país da cloroquina e de outras falsas curas para a covid-19. Emery e a jornalista Chloé Pinheiro, responsáveis pela publicação, destacam a avaliação do epidemiologista Pedro Hallal, da Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, de que uma a cada cinco mortes poderia ter sido evitada até junho de 2021 com melhor gestão da pandemia. E classificam como charlatanismo o atual momento do País, com o movimento que distribuiu o kit covid.

A crítica não fica somente na ampla distribuição dos “remédios ineficazes pelo setor público e privado”. O professor também chama a atenção para o fato de que uma indústria farmacêutica nacional sozinha dominou 85% do mercado de fármacos através da venda de ivermectina, chegando ao primeiro lugar em um período de 2021, com 82 milhões de embalagens vendidas.

A publicação Cloroquination: Como o Brasil se tornou o país da cloroquina e de outras falsas curas para a covid-19, de Flavio Emery e Chloé Pinheiro, será lançada no dia 15 de setembro, em São Paulo, e em 27 de setembro na Livraria Travessa, em Ribeirão Preto. O livro também pode ser adquirido em formato e-book.

Do Jornal da USP 

Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Print this page
Print

Nenhum comentário on "Kit covid trouxe sensação de falsa segurança, afirma professor da USP"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.