Nossas redes sociais:

18/06/2023

RNP+SP realiza 11º Encontro Estadual

A Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e AIDS no Estado de São Paulo (RNP+SP) realizou, nesta sexta-feira (16), seu décimo-primeiro encontro estadual.

Realizado em resposta às orientações da Comissão Política do IX Encontro Nacional da RNP+, em quatro atividades, o 11º encontro estadual da RNP+ no Estado de São Paulo respondeu aos quatro eixos a serem discutidos nacionalmente, em outubro.

O encontro foi iniciado com a Tenda do Conto, atividade na qual as pessoas levam objetos que lembrem algo de sua história relacionada à RNP+. “Às pessoas que ainda não têm memória da RNP+, que estão chegando agora pedimos que trouxessemobjeto que traduzisse a expectativa que têm sobre a rede”, explicou Paulo Giacomini, representante da RNP+ no estado.

A Tenda do Conto foi sugerida pelo Lucas Pereira Mello, co-representante da RNP+SP. É uma dinâmica do movimento de educação popular em saúde, utilizada na Atenção Básica de Natal (RN) criada pela enfermeira Jacqueline Gadelha.

Na segunda atividade, a co-deputada estadual Carolina Iara, da Bancada Feminista do PSOL, trouxe o debate da conjuntura das políticas de aids em reconstrução.

Jacqueline Rocha Côrtes abordou questões relativas aos Direitos Humanos, solidariedade e protagonismo das Pessoas Vivendo com HIV ou AIDS, na terceira atividade.

Por fim, foram feitos os encaminhamos para o IX Encontro Nacional da RNP+, com a eleição das pessoas candidatas à delegação do estado.

O XI Encontro da RNP+ no estado de São Paulo contou com o apoio logístico do Programa de IST/Aids do Estado de São Paulo e teve participação de pessoas vivendo com HIV ou aids, pares sorodiferentes e profissionais de saúde.

Pesquise uma matéria por palavra
Pesquise notícias mais lidas
JoséCândido_reabertura CNAIDS_04-04-2024

Seja Afiliado

Venha fazer parte dessa grande famìlia e juntos trasformar vidas

Junte-se a nossa causa e ajude a melhorar a vida de diversos brasileiros desasistitidos que lutam por condições melhores de vida e acesso a remèdios e procedimentos que podem lhes dar uma expectativa de vida maior.

É gratuito! Unindo forças e oferecendo o que possamos dar como influencia e dedicação as causas de políticas públicas podemos ajudar uma grande comunidade.